Sábado, 25 de Junho de 2011

O melhor amigo do cão

 

Não sei quantas canções de amor foram explicitamente dedicadas a cães, mas hoje, por motivos tristes, lembrei-me de uma. Ainda me recordo de ouvir a letra pela primeira vez – há mais de 10 anos atrás, era eu um puto estúpido – e de ir acompanhando verso a verso. A minha primeira impressão – “there’s something with the way you walk / there’s something there that sparks” foi de que o autor estava claramente apaixonado, e que seria porreiro imitar o ímpeto adolescente e dedicar isto a uma miúda. Pouco depois, dei por mim perplexo quando o vocalista diz “you sit by me and i scratch your back”. Podia tratar-se de alguma expressão idiomática do foro amoroso, não fosse o verso seguinte “you lick my hands / then i get a rash, but that’s ok”. Ou se tratava de um fetiche bizarro, ou de uma declaração de amor a um animal. Logo a seguir, a letra parece regressar a uma definição de amor entre humanos - “because we, we are a team / you make a mess and then i clean” - mas, meia dúzia de versos depois, as piores suspeitas confirmam-se: “there’s something with the way you act / makes me laugh when you chase the cats”. Então o gajo está a falar sobre um cão.

 

Depressa abandonei a ideia de dedicar a canção a uma miúda; também nunca tive um cão. E é aqui que suspendo todo o meu cinismo (na verdade já o tinha suspendido ao escolher este tema para uma crónica). Não vos sei dizer como é a relação com um canídeo, mas, pela tristeza que vi hoje nos olhos de quem o conhecia, pelas histórias que os mesmos olhos me foram contando, e pelo lugar incontornável que essas histórias ocupam da vida das pessoas, sei que andava algures entre a recuperação diária da infância e um verdadeiro amigo que se tem. E esta cantiga absolutamente esquecida e irrelevante, que não ouvia há 11 anos, da qual não sei bem como me lembrei hoje, a cantiga que jamais consegui dedicar a uma miúda, segue hoje finalmente com uma destinatária.

publicado por Vasco Mendonça às 19:25
link do post | comentar

Autores

Pesquisar

Últimos posts

Contra nós temos os dias

Do desprezo pela história...

É urgente grandolar o cor...

Metafísica do Metro

A Revolução da Esperança

Autores do Condomínio

Hipocondria dos afectos

A família ama Duvall

Notícias do apocalipse

Meia idade comparado com ...

Arquivo

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

tags

todas as tags

Subscrever