Domingo, 22 de Fevereiro de 2009

Para aferir do seu grau de homofobia

Nos últimos dias muita celeuma se criou quanto à possibilidade do casamento homossexual ser legalizado. Os oponentes levantam os mais apocalípticos cenários como consequência da legalização enquanto os defensores chamam homofóbicos aos antipatizantes da causa, o que muito tem chocado os ditos antipatizantes.

Se está confuso quanto a esta situação, o teste que se segue pode ser-lhe útil, visto permitir aferir com escassa margem de erro o seu grau de homofobia. O teste foi feito de acordo com o pensamento médio português e reproduz as grandes correntes do pensamento contemporâneo tuga, no que diz respeito à questão homossexual, sem grande margem de erro.

 

Quando me quero referir aos homossexuais chamo-lhes:

 

a) homossexuais;

b) panisgas, mas é na brincadeira, até tenho amigos que são panisgas e eles não se chateiam quando os chamo assim; são uns queridos, todos, por igual;

c) paneleiragem;

d) 'anda aqui fofinho', ou então, 'sai daqui, fufa'

 

Um homossexual (em português corrente: um panisgas) é:

 

a) um ser com os mesmos direitos que os cidadãos normais, menos o de se casar com alguém do mesmo sexo;

b) gente de quem eu até sou amigo, porém tenho de reconhecer que são promíscuos, gostam de usar fardas, depilam as pernas, não gostam de futebol, não bebem cerveja, só vinho francês, têm a mania que são sensíveis, vêem documentários coreanos e passam a vida a tentar ter sexo com adolescentes ou halterofilistas em casas de banho públicas;

c) provavelmente inflamável; mas para ter a certeza nada melhor que regá-lo com gasolina e a seguir acender um fósforo;

d) certamente meu amigo e possivelmente meu amante ou ex-amante;

 

O que mais me irrita na paneleiragem é:

 

a) quererem destruir a família tradicional; se não fosse a familia tradicional como é que pessoas como eu teriam sexo sem pagar?

b) aqueles gestos efeminados, os gritinhos, as plumas, o disco-sound, as camisas vermelhas acetinadas, a mania das saladas de rúcula; mas gosto deles e até tenho amigos que são panisguinhas;

c) ainda não estarem todos mortos;

d) serem tantos que não terei tempo para fazer amor com todos;

 

Em termos antropológicos, a homossexualidade é:

 

a) um desvio da norma da natureza, que atribui primordialmente ao sexo uma função reprodutora; aliás, eu e os meus amigos achamos que só devia ter sexo quem estivesse disposto a sustentar uma criança;

b) uma escolha; só que os eles e elas que escolhem ser homossexuais são gente mal informada, coitadinhos, porque não frequentam a Igreja;

c) uma doença, foda-se; há dúvidas? queres ver que tu também és paneleiro? onde está o meu bidon de gasolina, onde?

d) fofinha;

 

Os defensores da legalização do casamento gay são:

 

a) de esquerda;

b) homossexuais;

c) alvos a abater;

d) sexys;

 

O casamento homossexual devia ser legalizado:

 

a) errado, porque destrói a base da família tradicional;

b) errado, porque se cedemos quanto ao casamento, qualquer dia eles já podem andar por aí na rua aos beijos, o que é nojento, palavra do Senhor ;

c) errado; porém, se fosse legalizado, um casamento homossexual seria uma óptima oportunidade para matar paneleiros;

d) certo, porque um casamento é uma chance como outra qualquer de fazer mais uma orgia;

 

Se o casamento gay for legalizado:

 

a) as nossas criancinhas tornam-se todas rabe...gay, e a humanidade acaba;

b) os panisgas vão obrigar toda a gente a depilar as pernas, e vamos ter de ouvir os Village People 24 horas por dia em altifalantes;

c) emigro;

d) caso-me; só não sei se com o António, com o Joaquim ou com o Manuel;

 

Por mim, os homossexuais:

 

a) continuavam a exercer as suas práticas em segredo enquanto publicamente se portavam como gente normal, e já não havia chatices;

b) frequentavam workshops de heterossexualidade para aprenderem a ser pessoas normais, porque eles também são gente, coitadinhos;

c) eram crucificados no pelourinho;

d) podiam fazer-me o que quisessem;

 

4 ou mais respostas a): Parabéns, você é o Eduardo Nogueira Pinto ou amigo do Eduardo Nogueira Pinto;

 

4 ou mais respostas b): Parabéns, você ou é a mãe do Eduardo Nogueira Pinto ou é padre;

 

4 ou mais respostas c) Parabéns, você é TUGA;

 

4 ou mais respostas d): Você é panisgas;

 

Várias respostas cruzadas: Você é (argh) bi-sexual.

 

publicado por João Bonifácio às 17:42
link do post | comentar
5 comentários:
De N. a 23 de Fevereiro de 2009 às 12:10
sou tua fona, JB!
De Mariana a 27 de Fevereiro de 2009 às 00:33
Só há estas opções? Que visão pessimista do pensamento médio português.
Ainda assim hilariante. Devias mesmo considerar levar a elaboração destes testes a sério. É o que as revistas de gajas mais querem.
De Anónimo a 27 de Fevereiro de 2009 às 02:07
és mesmo filho da puta ó bonifácio.
De Laurent Garnier a 27 de Fevereiro de 2009 às 11:53
Este post cria-ma a dúvida: e a mãe do sr. Bonifácio, a Sra. D. Bonifácia, será que mamava no pau do pai Bonifácio, ou violava este dever matrimonial (que julgo também existir no casamento civil) e obrigava-o a ir às putas para usufruir de serviços mínimos?

A lógica Bonifácio não passa de um velho cliché do silogismo gauchista: não és progressista, logo fodes pouco / Fodes pouco, por isso queres impedir os outros de foderem.

João, João, concentra-te na música e deixa as causas fracturantes para a malta mais articulada.
De d. ester a 4 de Março de 2009 às 13:39
detesto saladas de rúcula, portanto sou a mãe do Eduardo Nogueira Pinto. sempre quis ter um filho loiro, está certo.

Comentar post

Autores

Pesquisar

Últimos posts

Contra nós temos os dias

Do desprezo pela história...

É urgente grandolar o cor...

Metafísica do Metro

A Revolução da Esperança

Autores do Condomínio

Hipocondria dos afectos

A família ama Duvall

Notícias do apocalipse

Meia idade comparado com ...

Arquivo

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

tags

todas as tags

Subscrever