Domingo, 6 de Abril de 2008

sei que o joão bonifácio me vai partir a boca toda



© rabiscos vieira


mas tenho de confessar, misto envergonhado, misto descarado, misto de chinelos – sim eu escrevo as crónicas no conforto do lar de tipologia 1 –  que não gosto mesmo nada do leonard cohen. minto, não lhe ligo é patavina, facto que, nas conversas de adolescentes e de alguns adultos [eu] costuma ser mais ofensivo. "que me odeies ainda vá, agora ignorares-me é que é sacanice do caralho". pois. ainda por cima o indivíduo é canadiano, terra de gente tão marcante como........................ adiante.

a presença do leonard, perdoe-se-me a familiariedade, só me caiu no goto em duas ocasiões: a abrilhantar a estupenda banda sonora dos natural born killers, aliás, L7, camionistas do panqueroque onde andam vocês, carinhas larocas, e um par de anos depois disso foi alvo de uma memorável 'cover' pelo pior nadador de crawl dos últimos anos, jeff buckley. coisa mais sofrida só quando o meu pai se despediu por solidariedade com outro colega em plenos anos de chumbo do mário soares primeiro-ministro mas isso são outros quinhentos.

ou menos, se o caso em apreço envolver o leonard cohen. que me passa efectivamente ao lado, há que dizê-lo a partir do meu teclado preconceituoso e acreditem que este teclado já conviveu com muita javardice. sucede apenas que o cohen sempre me fez lembrar bailes da saudade, gente deprimida a todo o vapor à volta dos quarentas, serões com whiskey velho e mantas cachemira. e eu, que nunca passei da imperial e do polyester gosto é de malhas a rasgar. ou de pretos com batidas gordurosas e 657 palavras por minuto. ou de um fado do camané, vá. agora aquela voz de cama a bafejar no meu pescoço, abrenúncio. mais assustador só um wc de centro comercial. I'm your man? chiça.
publicado por Pedro Vieira às 20:21
link do post | comentar
5 comentários:
De Anónimo a 7 de Abril de 2008 às 10:53
Posso saber quem são os "pretos com batidas gordurosas e 657 palavras por minuto" ?
De N. a 7 de Abril de 2008 às 14:43
alguém virá responder por ele, talvez não tenham sido os dentes mas os dedos. O JB, a partir, saberá onde mais mói. Até porque não faltam praí substituições para dentes, já dedinhos... ui, Ui, UI.
De Luck a 8 de Abril de 2008 às 12:12
Fluck... essa do Buckley é divertida mas má, má "to the bone"...
De isabel a 9 de Abril de 2008 às 11:44
a minha mãe que sempre aguentou todos os nossos sons alternativos "passava-se" se punhamos o Leonard , gritava da cozinha "tirem-me esse gato miador !".
De zito a 14 de Abril de 2008 às 18:47
LOL

muito bem este post, principalmente a ref. ao JB, por mim teria mr a dizer sobre os the nacional, sobre o que diz deles

qd ao L.C. é o mestre, da escrita e da música, não há quem se lhe compare :)

Comentar post

Autores

Pesquisar

Últimos posts

Contra nós temos os dias

Do desprezo pela história...

É urgente grandolar o cor...

Metafísica do Metro

A Revolução da Esperança

Autores do Condomínio

Hipocondria dos afectos

A família ama Duvall

Notícias do apocalipse

Meia idade comparado com ...

Arquivo

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

tags

todas as tags

Subscrever