Sexta-feira, 6 de Julho de 2012

A Nuvem e a Baleia

 

 

(Para os meus filhos)

 

Era uma vez uma nuvem que estava farta de viver no céu. E era uma vez uma baleia que estava cansada de viver no mar.

Combinaram por telemóvel trocar de casa: a baleia ia viver para o céu e a nuvem ia viver para o mar.

Foi um momento muito engraçado. Quando a baleia chegou ao céu todas as nuvens ficaram muito espantadas.

- Uma baleia no céu? Será que aguenta?

A baleia estava um pouco envergonhada e corou, o que tornou a situação ainda mais divertida.

Quando a nuvem deu o primeiro mergulho os peixes assustaram-se muito.

Para não darem muito nas vistas tiveram uma ideia: a baleia mascarou-se de nuvem e a nuvem disfarçou-se de baleia. Assim passavam mais despercebidas.

O tempo foi passando e cada uma foi tirando conclusões sobre a sua nova vida. Quer uma quer outra tinham feito amigos mas a baleia estava um pouco farta do vento que a levava pelos ares e a nuvem sofria muito com os remoinhos que agitavam os mares e as correntes.

Aos poucos começaram a sentir saudades das suas antigas casas e resolver ligar uma à outra para combinar voltarem para lá.

Viveram momentos felizes mas, um ano depois, a baleia começou a sentir saudades dos tempos em que vivia no céu e a nuvem começou a sentir saudades dos tempos em que vivia no mar (e era chamada de Baleia Nuvem).

Decidiram então que voltariam a trocar de casa mas apenas nas férias e que desta vez não iriam sozinhas.

Assim foi: a família de baleias foi viver para o céu e a família de nuvens para o mar.

E viveram trocadas para sempre.

 

publicado por Nuno Costa Santos às 23:17
link do post | comentar
2 comentários:
De andreia am a 9 de Julho de 2012 às 10:49
Tão lindo. Já contava, de vez em quando, a do "mar está cheio!" ao meu filho. Tenho mais uma. :) (+1) Vertente boa da escrita, esta.
De Sofia Cunha a 9 de Julho de 2012 às 12:14
Eu não sou uma baleia, e não tenho o telefone das nuvens shit , como é que eu não tenho o telefone das nuvens?), mas corei. E se corei, é porque é bom.

Comentar post

Autores

Pesquisar

Últimos posts

Contra nós temos os dias

Do desprezo pela história...

É urgente grandolar o cor...

Metafísica do Metro

A Revolução da Esperança

Autores do Condomínio

Hipocondria dos afectos

A família ama Duvall

Notícias do apocalipse

Meia idade comparado com ...

Arquivo

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

tags

todas as tags

Subscrever