Segunda-feira, 21 de Maio de 2012

o escritor está no ar

Acontece volta e meia. Pessoas que acabo de conhecer, ao descobrirem como ganho a vida, soltam – com a mesma expressão de tradução difícil, mas, apesar de tudo, calorosa – “Ah! Tem mesmo ar de escritor.”

 

Ar de escritor. Às vezes, é a minha própria mulher quem o diz, numa variante ligeira que distingue uma circunstância particular de uma hipotética essência duradoura: “estás mesmo com ar de escritor” ou (com determinada peça / conjugação de peças de roupa) “ficas mesmo com ar de escritor.”

 

A persistência no termo “mesmo” denuncia um solilóquio interior que a pessoa manteve, anteriormente, com ela mesma, mas que não chegou a verbalizar. O que torna tudo um pouco mais preocupante.

 

Notem: já percebi, pela dita expressão de tradução difícil, que ter “ar de escritor” não é uma coisa má. As pessoas não o dizem enojadas, não se afastam para uma distância de segurança, não chamam a polícia, não vão antes conversar com a pessoa que tem ar de operador de raio-x, não tapam os olhos aos filhos. Noto-lhes até, arriscaria, uma certa aspiração na voz que parece – parece – roçar uma pequena admiração. Porque as pessoas, por muito que detestem incontáveis escritores em particular, costumam simpatizar com escritores em geral.

 

O problema é tudo quanto ter “ar de escritor” parece excluir. Ter “ar de escritor” implica, decerto, não ter ar de Adónis, ar de atleta olímpico, ar de príncipe dinamarquês, ar de herói de guerra, ar de quem figure na lista dos 500 mais ricos da Fortune.

 

“Ar de escritor” é assim uma coisa que sugere, talvez, uma pessoa inteligente e interessante, mas potencialmente deprimida, uma lástima no desporto, alguém que, quando arrisca um passo de dança na pista da discoteca, coloca a Protecção Civil em alerta amarelo.

 

“Ar de escritor”, dá-me ideia, e a julgar por mim, implica uma certa palidez, uma considerável miopia, uma certa relutância em gastar 15 euros numa recarga de lâminas de barbear e uma preferência por camisolas de gola alta de que só se abdica perante intimação do tribunal. Não quer necessariamente dizer “feio” ou “tipo perfeitamente incapaz de sacar uma miúda com menos de cinco dioptrias”, mas, convenhamos, também não significa exactamente “deus sexual”.

 

Por vezes, penso em responder a estas pessoas que, do Lobo Antunes ao Paul Auster, vai uma considerável diferença de “ar”. Mas, depois, calo-me e prefiro escrever sobre a coisa.

 

Enquanto penso que ar terá o leitor. 

publicado por Alexandre Borges às 21:12
link do post | comentar
5 comentários:
De manuela a 22 de Maio de 2012 às 00:43
De Isa a 22 de Maio de 2012 às 04:15
Que texto delicioso, Alexandre. :D Já andas com o casaco de malha ou ainda é só a camisola de gola alta? Tu vê lá, pá, que casaco de malha está mais pra Lobo Antunes, tu ainda és um rapaz novo ;) Olha, eu diria que é por causa dos óculos e das roupas escuras, pq apesar da modinha de óculos de massa pretos, os teus, que me lembre, são dos autênticos e graduados, portanto, óculos a sério.

alérgica a modas que sou, bem que adotava uns desses rayban modernos, de aros de massa pretos, adouro. quem sabe se optares por uns desses não salta o Adónis que há em ti? :p

Bjos, adorei o texto.
De Alexandre Borges a 23 de Maio de 2012 às 16:06
Ehem... S-sim. Tenho casacos de malha. Mas vou ver isso dos rayban. ;) Obrigado, Isa. Beijos
De ah escrivente a 24 de Maio de 2012 às 02:20
gente que açambarca letras....e os IPs
De O LEITOR TEM AR? a 25 de Maio de 2012 às 15:39
atão o escritor não o sufoca?

Comentar post

Autores

Pesquisar

Últimos posts

Contra nós temos os dias

Do desprezo pela história...

É urgente grandolar o cor...

Metafísica do Metro

A Revolução da Esperança

Autores do Condomínio

Hipocondria dos afectos

A família ama Duvall

Notícias do apocalipse

Meia idade comparado com ...

Arquivo

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

tags

todas as tags

Subscrever