Terça-feira, 17 de Janeiro de 2012

gramava ser grego

Um estudo feito a pedido da Comissão Europeia no âmbito do “Ano Europeu do Envelhecimento Activo e da Solidariedade entre Gerações 2012” diz que os portugueses deixam de se sentir jovens aos 36,8 anos. Ou seja, um cidadão nascido a 1 de Janeiro de 1980 chega a Agosto de 2016, está muito bem a fumar uma ganza deitado numa praia à espera do nascer do sol, depois de ter saído do Kiss de Albufeira onde andou na mui nobre actividade da caça à bifa, quando de repente o raio da meia-idade o atinge.

Bom, não deve ser nada disso, mas nem me apetece discorrer sobre o bocejante tema do que é ser jovem, nem qualquer assunto sob a epígrafe “envelhecimento activo” me merece mais reflexão do que o esforço intelectual de pensar onde diabo pára o isqueiro para deitar fogo a qualquer página onde estejam as pomposas palavrinhas.

A história sobre o estudo vem no DN e deixou-me mal disposto. Um tipo olha para a página, lê que os portugueses perdem a juventude aos 37 anos e pensa: “a vida pode-nos não andar a correr bem mas somos uns optimistas apesar de tudo”. Afinal não. Perder a juventude aos 37 é fracote. Os nossos camaradas europeus perdem-na muito mais tarde, até os gregos só passam a ser tristes criaturas de meia-idade aos 50.

Como se isto não bastasse para um tipo ficar irritado, fui também esclarecido que perdemos o viço porque somos infelizes. Andamos lixados com os nossos amigos com as nossas famílias e andamos insatisfeitos com a vida. Somos os mais infelizes da Europa. Segundo os génios consultados é isto que explica perdermos a juventude tão cedo.

Se calhar por ter ficado deprimido não percebi bem a relação entre juventude e felicidade. Percebo bem a relação entre a felicidade e o amor, a amizade, o sol, até com o dinheiro, mas felicidade e juventude não atinjo.

Vou pensar nisto esta semana e depois digo. Sinto-me velho e muito infeliz, mas posso ficar feliz se alguém quiser, velho é que vou continuar. E, pensando melhor, até sou capaz de aprender grego.  

publicado por Pedro Marques Lopes às 09:24
link do post | comentar
3 comentários:
De não s'agrege moço a 20 de Janeiro de 2012 às 19:28
o grego como o gregório é xato pra carago

se se sente velho e inpheliz faça como o Pinte da Costa arranje uma brasileira ou duas se estiver muy infeliz
(ou dois ) gustus num disputanbum safosse em grego arranhava a gorge...

nós somos infelizes porque gostamos

e fazemo-nos velhos cedo porque ninguém liga aos putos

excepto os gregos e afins
De eu também gramava ser grego a 20 de Janeiro de 2012 às 21:57
Por esta altura já estava reformado

desde que a poi ass o partei certo

e na grécia tal como cá não há partidos errados

e quando o partido erra a gente salta da Ria Formosa para a Vice Presidência daquele lugarejo em frente a Ayamonte

é uma piroseira nunca ter pensado em ser grego

era só ter escolhido uma carreira num partei e voilá

partei non como dizem os maus greks que não dão presentes
De até há dicionário de grego pa totós a 20 de Janeiro de 2012 às 22:04
saco diz-se....

se for só em envelope diz-se....

ajuda saber a quem é que se deve dar o envelope

ou o saco

ou o mercedes com a mala cheia

saber a toponímia certa para dar imobiliário também serve

de resto como aki

que só troiano aceita backchich de cavalo de madeira

é por isse ke troiano tá extinte

Comentar post

Autores

Pesquisar

Últimos posts

Contra nós temos os dias

Do desprezo pela história...

É urgente grandolar o cor...

Metafísica do Metro

A Revolução da Esperança

Autores do Condomínio

Hipocondria dos afectos

A família ama Duvall

Notícias do apocalipse

Meia idade comparado com ...

Arquivo

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

tags

todas as tags

Subscrever