Sexta-feira, 30 de Dezembro de 2011

Noticiário de bairro

Acabo de dar uma voltinha pelos sites noticiosos do costume e nada me salta à vista, nada me surpreende como a visita que a nossa vizinha de cima nos fez ontem à noite para partilhar o momento de glória televisiva que teve há uns anos no programa "Casa de Artistas", da RTP, em repetição ontem na RTP-Memória. Não foi bem uma visita, foi uma convocatória. Veio bater à porta para nos chamar ("Venham, venham, são só cinco minutos!") e fomos até à sua sala para a ver na televisão a cantar fado, de olhos fechados e com o seu melhor vestido, acompanhada do filho, músico que toca nos bares da cidade. Foi um gesto luminoso e raro, este o da Dona Bina (não a personagem do imaginário Bairro Melancómico mas a real, a do bairro lisboeta das Laranjeiras onde vivo há dois anos). Essa, sim, foi uma notícia, daquelas que os sites de informação não têm trazido: "Dona Bina Chama os Vizinhos para a Verem Cantar o Fado". Quero ter muitas destas no ano novo.

 

Temos já uma combinação para 2012: ir ao Estádio da Luz ver o seu - e o meu - Benfica jogar. É, acredito nisso, com a Dona Bina que vou voltar a gostar de futebol. É genuína e inteira no seu clubismo, nas letras que escreveu para o seu clube, nas sucessivas participações no Canal Benfica (Alexandre, para quando o documentário com a biografia da Dona Bina?). Quero ir com ela à bola como um menino atordoado com o tamanho do estádio e que ainda não sabe o nome dos jogadores. Ela vai-me ensinar um a um o nome dos gandulos e os seus melhores atributos nas artes da bola e à noite vou voltar a adormecer como adormecia quando era pequeno: imaginando jogadas dos meus jogadores favoritos, na altura com nomes como Chalana, Shéu, Strömberg, Nené, Magnusson, hoje com outros nomes, ainda mais sonantes na voz de fado da Dona Bina. Vai ser o meu glorioso momento na RTP-Memória com uma janela para estes dias futebolísticos.

 

Volto aos sites e a uma das notícias que encontrei nesta caminhada matinal: "Velocidade Furiosa 5 foi um o filme mais sacado na internet em 2011". Velocidade Furiosa 5, sim. Se calhar vão dizer que é um escândalo mas admito em público ter perdido os quatro primeiros da saga e confesso não me apetecer lá muito assistir àquele que surge, isolado, como se diz dos avançados, em mais uma aclamada lista de fim de ano. Qual foi o segundo? A Ressaca 2. Obrigado, meus senhores. Prefiro o meu noticiário de bairro.

publicado por Nuno Costa Santos às 08:42
link do post | comentar

Autores

Pesquisar

Últimos posts

Contra nós temos os dias

Do desprezo pela história...

É urgente grandolar o cor...

Metafísica do Metro

A Revolução da Esperança

Autores do Condomínio

Hipocondria dos afectos

A família ama Duvall

Notícias do apocalipse

Meia idade comparado com ...

Arquivo

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

tags

todas as tags

Subscrever