Quinta-feira, 1 de Dezembro de 2011

A cidade, às vezes

A cidade é uma puta. A cidade é open source. Na minha cabeça, uma canção desenha-a melancólica, lenta e silenciosa. Cá de cima, de onde a vejo, as luzes definem o espaço e pouco mais. E ali estamos, os dois, convergentes. Adaptados. Longe do ruído da movida, dos putos em Santos, das greves, dos fados, do vírus, das bichas histéricas, dos machões subtis, do lixo e do quotidiano. Cá de cima, a cidade em pleno descanso, como eu a quero, obedecendo ao som lânguido da canção.

 

No fundo da sala, uma mulher de pernas elegantes murmura sexualmente por cima de um piano transparente. Ela canta Summertime. É Dezembro, agora, e está calor cá dentro. É 1 de Dezembro e os espanhóis foram embora. A sala está praticamente vazia e a cidade também. A mulher continua a cantar. A cidade continua a moldar-se e a ficar cada vez mais vazia. A sala mantém-se. Quando é que a cidade descansa? Quando nós quisermos. Quando lhe dermos descanso e a olharmos em silêncio, com cobertores, e ela ficar quente como na canção Summertime, em Dezembro.

 

A mulher canta, agora, a última. Dou o último gole. Um último e amargo gole, com a angústia do fim momento. Na janela, os olhos reflectidos a projectar a cidade, a verem-na como gostariam que ela fosse, às vezes. A mulher ri-se, cúmplice com o piano transparente que ensaia uma melodia doce. A angústia volta a desaparecer. A cidade ronrona. Ali, de cima, na janela, ao lado do piano transparente e da mulher de pernas elegantes que murmura canções. Um último fôlego. And i say to myself, what a wonderful world. Acabou.

publicado por jorge c. às 11:29
link do post | comentar

Autores

Pesquisar

Últimos posts

Contra nós temos os dias

Do desprezo pela história...

É urgente grandolar o cor...

Metafísica do Metro

A Revolução da Esperança

Autores do Condomínio

Hipocondria dos afectos

A família ama Duvall

Notícias do apocalipse

Meia idade comparado com ...

Arquivo

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

tags

todas as tags

Subscrever